Blog

O que não fazer em um encontro com uma acompanhante

Pode parecer bobagem, mas muitos homens se sentem um pouco inseguros em um encontro com uma acompanhante sexual. E acredite: isso não acontece apenas com os mais inexperientes não!

É claro que um certo grau de insegurança é bem mais comum nos homens mais inexperientes nesse tipo de encontro. Muitas vezes o grande motivo é de fato a pouca experiência sexual.

Mas não é só isso. A insegurança dos homens diante de uma acompanhante pode ter muitos outros motivos.

Pode até parecer uma insegurança injustificada, afinal é um encontro com uma mulher que está sendo paga para agradar. Mas acredite: isso é mais comum do que se imagina. Elas que o digam!

Quero fazer uma pausa neste artigo para lhe informar, que caso voce seja de Goiás e queira uma acompanhante em Goiânia, Entre no site:

https://www.universitariasclub.com.br/

Olha só alguns motivos da insegurança de muitos homens em um encontro com uma acompanhante:

“Ela é uma mulher muito linda”

Normalmente, uma acompanhante é uma mulher muito bonita e com um belo corpo. Especialmente as acompanhantes de luxo.

 

Como o corpo é a “ferramenta de trabalho” delas, elas costumam se cuidar para agradar aos clientes.

 

Alguns homens, por timidez ou mesmo com auto estima baixa, podem se sentir retraídos diante de qualquer mulher muito bonita, inclusive uma bela acompanhante.

“Tenho medo de falhar e passar vergonha”

Esse é um medo comum de quase todos os homens, independente da companhia: falhar na hora H.

 

Mesmo que seja com uma acompanhante (provavelmente uma desconhecida), o orgulho masculino não aceita que se falhe na hora do sexo.

 

Esse motivo inclusive pode estar ligado ao primeiro. Já ouvi relatos de homens que se sentiram inseguros e com medo de falhar com uma mulher tão bonita.

 

Acredite: essa mulher está sendo paga para agradar ao cliente, sem julgamentos. Ela nem teria motivos para isso, afinal esse é só o trabalho dela.

 

E só abrindo um parênteses: se a sua insegurança está relacionada a falhas recentes no sexo, vale a pena procurar por algum tratamento para ejaculação precoce ou melhora do desempenho sexual.

 

“Tenho medo de ser descoberto”

Pode ser uma traição, ou apenas o medo de ser visto com uma acompanhante. Esse talvez seja o medo mais comum nesse tipo de encontro.

 

Uma dica para evitar isso é saber escolher. Uma acompanhante que trabalha de maneira profissional se preocupa muito com a discrição, tanto para ela quanto para o cliente.

 

Por isso muitas vezes vale a pena pagar mais por um atendimento e companhias diferenciadas.

O que não fazer em um encontro com uma acompanhante

Muitos homens ainda tem esse tipo de insegurança: “o que fazer no encontro com uma garota de programa”?

 

O que falar? Pode beijar? Quando tirar a roupa? Como fazer?…

 

Então para deixar mais claro esse tema, vamos fazer o inverso e listar o que NÃO fazer nesse encontro:

Ser desrespeitoso

Entenda: qualquer mulher merece respeito. Inclusive uma acompanhante. Ela é uma mulher que trabalha dessa forma, oferecendo sua simpatia, atenção e carinho ao cliente.

 

Muitos homens agem de maneira desrespeitosa com acompanhantes, agindo com grosseria, ignorando suas vontades  e esperando submissão dela.

 

Só porque você está pagando, não quer dizer que ela deva aceitar tudo sem consentimento.

 

Essa é uma ideia que vem dos filmes adultos, onde são mostradas mulheres (e até garotas de programas) totalmente submissas às vontades dos homens.

 

Na vida real provavelmente não vai ser assim. Então se você vai se encontrar com uma acompanhante, e tem essa mentalidade, é melhor ficar em casa vendo fotos de mulheres peladas e usando a imaginação.

Ir direto pra cama

Uma acompanhante ou garota de programa pode ser mais do que simplesmente uma companhia sexual.

E muitas vezes, ela quer isso!

 

Você está em um encontro, onde uma mulher está ali para oferecer sua atenção e companhia. Por isso, vale a pena um jantar, uma bebida, uma conversa…

 

Ah menos que ela não queira nada disso e esteja apenas oferecendo serviços sexuais. Mas tudo é conversado.

Forçar a barra

Muitos homens pensam assim: “estou pagando então ela vai fazer tudo o que eu quiser”!

E não é assim que funciona! Como já mencionado, uma acompanhante é uma mulher como qualquer outra. Merece respeito, atenção e educação. E ela tem as regras dela.

Algumas acompanhantes por exemplo não beijam clientes. Outras não gostam de fazer certas posições sexuais. Elas são mulheres diferentes, com gostos e regras diferentes.

E merecem ser respeitadas.

Insistir em manter contato

Isso acontece muito!

Muitos homens procuram insistir para manter contato com a acompanhante. Pedem o telefone pessoal, endereço… esperando conseguir ter uma proximidade maior com ela e quem sabe até favores sexuais.

Novamente: ela é uma profissional e esse é o trabalho dela. Se ela não quer manter contato (e ela provavelmente não quer), não force a barra. Se gostou da companhia, marque um novo dia e horário com ela.

Bom, essas foram só algumas dicas para quem tem algum tipo de receio e insegurança ao sair com uma acompanhante.

A dica final é relaxe e desfrute dessa companhia, pois assim ela será muito proveitosa pra você e para ela.